Consciência e Fé no Controle do Medo

Caros leitores, 

Nesta quarta-feira dia 03/03/2021, repassamos a mensagem o tema que segue, indicando equilíbrio emocional, com fé e coragem, no controle do medo e instabilidades.

Consciência e Fé no Controle do Medo

“O poder de criatividade e realização do homem é tão ilimitado quanto a imaginação. É a poderosa energia de fé que conduz e possibilita a realização. A fé traz autoconfiança e coragem. A fé é um tônico estimulante para o sexto sentido e percepção. A nossa crença na capacidade de realizar o que desejamos automaticamente derruba muitas barreiras e expande a consciência.

A fé fundamenta-se no conhecimento, compreensão e aplicação da lei de Deus que nunca, nunca, nunca falha!
Agora vamos observar o medo em relação ao carma pessoal. Por exemplo, se o carma do indivíduo requer que ele viva modestamente, assim será, mesmo que ele creia que ficará rico e sinta isso em seu coração. No entanto, o filho de Deus alinhado com a vontade divina, não deve passar miséria e tem o direito de ter o que necessitar, na hora que precisar.

Estas são dívidas cármicas e devemos agradecer a oportunidade de resgatá-las. Quando o indivíduo aplica a lei e vê o resultado, ele é saturado por um sentimento de autoconfiança, de crença no mundo e em Deus. Uma sensação de segurança e conforto preenche sua alma. Ele percebe que é capaz de proteger a si mesmo e a toda sua família usando a Espada da Palavra Sagrada.

Basta apenas manter, continuamente, sua atenção no Deus Interior, para elevar a energia da Terra. Ele se torna um instrumento do Espírito Santo para o fluir da luz de Deus no planeta. Ele está liberando a luz da sua Presença Divina para dissolver as trevas da ignorância e do medo.

A expansão da luz provoca o despertar de muitos que estão espiritualmente adormecidos. O profeta Jonas não era perfeito e falava com Deus, assim como tantos outros exemplos que podemos observar na Bíblia. Isto mostra que todos os filhos de Deus são dignos de falar com o Pai, apesar de suas imperfeições.

É necessário apenas elevar a consciência, sair da faixa vibratória de auto-desvalorização, culpa, sentimento de fracassos e medos, para penetrar e habitar na consciência do EU Real, na consciência de fé e poder do filho de Deus.

Algumas pessoas têm medo de pobreza. Uma das maiores causas de pobreza é falta de ambição. A ambição pode ser um sentimento egoísta e negativo, ou nobre e construtivo. Isso é determinado pelo motivo. Se o motivo visar somente o próprio bem estar, será egoísta. Um grande e ambicioso projeto que almeja o bem estar da comunidade ou do planeta é altruísta e, claro, trará benefícios também a seu idealizador.

Existem pessoas riquíssimas que sofrem medo de empobrecer. Para estas seria bom investir em alguma espécie de ação social, da qual elas participem com algumas horas de trabalho por semana. O trabalho voluntário cura muita coisa, até mesmo medo e a depressão. Quando o indivíduo tira a atenção de seus problemas, eles diminuem porque deixam de receber energia. Além do mais, o serviço ao próximo resgata carma. É a lei do movimento da energia. Ajudando os outros, somos ajudados.

Mudança de hábitos e comportamentos ajudam a eliminar o medo. Por exemplo: quem tem medo de doença, deve começar um programa de vida mais saudável. Participar de cursos de terapia alternativa e alimentação natural. Optar por uma alimentação equilibrada. Fazer algum tipo de exercício físico seja yoga, ginástica ou qualquer esporte.

O medo de crítica costuma inibir as pessoas de realizar seu sonho. É bom dar início a novos projetos em silêncio. Quanto mais se fala, mais a pessoa se expõe a comentários negativos do tipo: Isto não vai dar certo! Você vai se arriscar sem necessidade!

Isto não é para você!
Nesta hora, são os amigos protetores que tentam frustrar nossos objetivos, por isso, o silêncio vale ouro. O medo da crítica pode ser combatido por um raciocínio lógico:

a) só não é criticado quem nada faz porque não é visto, nem lembrado e não incomoda.

b) por melhor que seja a ação, irá gerar tanto elogio, quanto crítica.

c) os mesmos que o aplaudem hoje, podem atirar pedras amanhã.Não é sábio impressionar-se com elogios.d) nenhuma atitude, por mais nobre que possa ser, irá agradar a todos.

e) se o próprio Jesus, que atingiu a perfeição, foi tão criticado, seria pretensão nossa esperar o contrário.f) deixe que o critiquem. É sinal que você está fazendo algo bom.

g) analise friamente o teor da crítica, sem mágoa e ressentimento. Ela pode ser construtiva e trazer enriquecimento pessoal. Porém, se for crítica destrutiva, simplesmente esqueça o assunto.

O medo da velhice faz a pessoa perder os melhores anos da vida. Ao invés de aproveitar a maturidade ela gasta sua energia temendo aquilo que pode nem mesmo ocorrer. Quem sabe se ficaremos velhos? Só podemos ter certeza do exato segundo em que vivemos. O homem deve aprender a lidar apenas com a tarefa que a vida lhe dá a cada dia. Fazer tudo com atenção e amor. Este é o grande segredo de sabedoria aplicada.

Cada ato, por mais simples, intelectual ou científico, é um ritual para liberar energia. É uma oportunidade para liberar amor e tornar este mundo melhor. Toda energia liberada retorna e cria o nosso futuro. Esta é a forma mais segura de semear um destino saudável e feliz.
Há pessoas que temem perder a liberdade.

O conceito sobre liberdade é por vezes confundido. Deixar-se levar pelas emoções dos sentidos é aprisionar a própria alma. Vejamos o que diz o Mestre Yogananda sobre este tema:

“Liberdade é a capacidade de agir guiado pela alma e não, compelido por desejos e hábitos. Obedecer ao ego leva à escravidão; obedecer a alma leva à libertação.
Até você agir, você é livre, mas depois que agiu, o efeito da ação o perseguirá, quer queira ou não. Essa é a lei do carma. Você é uma pessoa que pode agir com liberdade, mas quando realiza determinado ato, deverá colher os efeitos desse ato.

A libertação do homem pode ser definitiva e imediata, se ele assim o quiser, não depende de vitórias externas, mas internas.
O caminho que leva à liberdade é o caminho do serviço, ajudando os outros. O caminho para a felicidade é o caminho da meditação e da sintonia com Deus. Derrube as limitações que seu ego lhe impõe; livre-se do egoísmo; liberte-se da consciência do corpo; esqueça de si mesmo; ponha fim a esta cadeia de encarnações; embeba o seu coração em tudo; seja uno com toda a criação.”

Paramahanra Yogananda.

(Por: Grupo de Estudos Virtual – EU SOU LUZ)

Fonte: http://www.grandefraternidadebranca.com.br/o_medo_e_a_fe.htm

* Responsabilidade escrita, revisão, edição – Discípulo Elias

* Digitação, revisão – Patricia Kelly Hasselmann

Paz Profunda!
.’.

Fraternalmente,

Grupo Fraternidade EMC.

Trabalhando por uma Humanidade mais Feliz!

Esta entrada foi publicada em Cabala, Orações. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário