Pressupostos Filosóficos Científicos e Religiosos com a Cabala

Caros leitores,

Na reunião de hoje, quarta-feira dia 24/09/2014, após a oração habitual, o tema foi desenvolvido sobre Pressupostos Filosóficos Científicos e Religiosos com a Cabala.

 meu despertar espiritualApós aquecermos a discussão em torno dos superiores desconhecidos ou dirigentes invisíveis, tentaremos na sequência, expor uma doutrina específica ampla e completa sobre a Grande Fraternidade Branca, na qual, é claro, figuram dirigentes invisíveis como também enquadrados, necessariamente no pólo construtivo e benéfico da dualidade metafísica do bem e do mal.

A existência de uma Grande Fraternidade Branca invisível atuando no trânsito de uma dimensão à outra, no sentido de afetar um planeta e seus habitantes vivos e inteligentes implica em muitas convicções filosóficas, princípios científicos e crenças religiosas.

A primeira convicção filosófica pressuposta é a da existência de formas inteligentes supra-sensíveis, o que implica originalmente na admissão e aceitação do próprio supra-sensível.

A segunda é a do reconhecimento da existência de planos dimensionais distintos da terceira dimensão, mas em continuidade a esta.

Outro pressuposto necessário é a da admissão da existência de formas de vida inteligente extra-humana e extraterrestre , de corporeidade diferenciada ou mesmo incorpóreos.

Os pressupostos científicos incluem a admissão de estados diferentes da matéria (definidos por estágios de menor ou maior densidade e variável composição atômica), a admissão da corporeidade diferenciada, determinada tanto por graus de materialidade quanto por níveis de frequência de vibração e a aceitação de estágios de coesão, integração e desintegração da energia cósmica. A equação ‘Einsteniana’ é escolhida: matéria = energia.

O pressuposto da evolução terrestre bem como a cósmica é “Sine que non“, entendendo-se por evolução terrestre a transformação aprimoradora de todas as formas e corpos terrestres orgânicos e inorgânicos, não inteligentes e inteligentes.

A teoria mecanista aplicada ao Universo é rejeitada. No plano fisiológico religiosos afirma-se tanto a existência de princípios espirituais individuais que animam os seres vivos inteligentes, quanto a existência de um princípio espiritual Uno, ordenador do funcionamento do Universo, é criador do mesmo e de todas as coisas e seres nele existentes (desde os mundos e sistemas solares e galácticos totais até as mais ínfimas formas e corpos orgânicos e inorgânicos presentes nos mundos).

A este princípio espiritual Uno, dá-se o nome de DEUS. O universo sendo entendido como cosmos, várias leis são inferidas empiricamente, demonstráveis ou não. As leis mais gerais e importantes são a Lei de Causa e Efeito (Karma) e a Lei de Transformação Cósmica (Evolução dos Mundos). Tanto os astros (planetas, estrelas, cometas, etc) estão submetidos às leis cósmicas, quanto os inúmeros seres, corpos e coisas presentes nos astros (orbes ou mundos).

Assim, tanto o Planeta Terra está submetido à Lei do Karma, quanto cada ser encerrado nele, o fragmento de um minério em um microscópio, a um indivíduo humano complexo.

Religiosamente filosófica, a Doutrina da Reencarnação é admitida para a maioria dos seres inteligentes, formando uma trilogia interdependente com a Lei das Causas e Efeito (Karma) e a Lei da Evolução.

(M. Intermediário)

A Grande Fraternidade Branca.

Escrita e coordenação pelo adepto e discípulo Elias.

 

Fraternalmente,

Grupo Fraternidade EMC.

Trabalhando por uma Humanidade mais feliz!

 Logo Fraternidade EMC

* Responsabilidade escrita, revisão, edição – Discípulo Elias

* Digitação, revisão – Patricia Kelly Hasselmann

Esta entrada foi publicada em Cabala. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta