O Universo como um Holograma Cósmico

Caros leitores,

A reunião de hoje, quarta-feira dia 10/07/2013, com início às 20:00hrs,  foi desenvolvida sobre o Universo como um Holograma Cósmico, assim “em cima como embaixo.”

HOLOGRAMA DO EQUILÍBRIO NO OCTAEDRO

A respeito da matéria enquanto uma série de campos de energia complexos e integrados, poder-se-ia dizer que a matéria é um tipo de padrão de interferência de energia. Considere a nossa suposição de que o ‘corpo etérico’ seja um modelo holográfico de energia que orienta o crescimento e o desenvolvimento do ‘corpo físico’.

Muitos vêem o corpo etérico como um corpo da matéria – a assim chamada “matéria etérica”. Neste caso, a matéria apresenta uma frequência mais elevada, ou seja, as partículas vibram numa frequência mais elevada, de modo que a matéria etérica é percebida de forma diferente. Não se esqueça de que, se a matéria possui propriedades ondulatórias, então é provável que ela tenha frequências características.

A matéria do assim chamado “universo físico” é meramente matéria com uma determinada densidade ou frequência mais baixa. As referências à matéria etérica na literatura esotérica oriental falam a respeito de “matéria sutil” ou de matéria menos densa do que a física, isto é, de frequência mais alta.

O corpo etérico parece ser uma replica sutil do corpo físico, possivelmente um pouco semelhante à folha fantasma. O nosso corpo etérico é um padrão de interferência de energia com as características de um holograma. É provável que haja réplicas intangíveis do universo físico constituídas por matéria de frequências mais elevadas.

Se o padrão de interferência de energia de um único corpo etérico atua como um holograma, não seria possível que todo padrão universal de interferência de energia representem um enorme holograma cósmico? Se isto for verdade, portanto, em virtude do princípio holográfico, segundo o qual cada pedaço contém o Todo, o espaço aparentemente vazio que nos rodeia, armazena importantes informações!

O fato de que a estrutura do universo possa conter em seu interior, ilimitada quantidade de informações é uma idéia que está recebendo uma atenção cada vez maior por parte da teórica, como o físico David Bohn, ganhador do Prêmio Nobel. Bohn apresentou argumentos científicos convincentes em favor do que ele chama de “ordem implícita” do universo holográfico. Nesses níveis numéricos do universo, níveis mais elevados de ordem e informações, podem estar contidos na estrutura constituída pelo espaço e pela matéria/energia.

* Nas próximas semanas será postado estudos cabalísticos sobre os Elementais, que correspondem aos nomes dos quatro Anjos: Rafael=Ar; Mickael=Fogo; Uriel=Terra; Gabriel=Água.

Esta entrada foi publicada em Cabala e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta