O Perfeito Amor é o Poder Criativo da Mente

Caros leitores, 


Na reunião de hoje, quarta-feira dia 16/02/2017, repassamos um tema em referência à criatividade e ciência, na influência do poder da mente.

ciencia criatividade

O Perfeito Amor é o Poder Criativo da Mente


Deus faz todas estas coisas de longe “estes pensamentos chegam a cada homem e mulher” para decidir quando estas coisas devem acontecer? “Todo este trabalho é realizado pelo poder criativo da mente” a vida inteligente e amorosa dentro de todos os seres vivos presenciado nisto “é visto no amor dos pais por seus filhos” Sejam eles pássaros animais ou homens de onde vem este amor? 

“Ele vem do poder criativo da mente” do perfeito amor do pai que está em nós e é por causa do trabalho que o pai faz com as plantas árvores pássaros animais e com o próprio homem que hoje estamos aqui “Aqui Vivos respirando comendo dormindo e … tendo filhos envelhecendo e “só depois morrendo para passar a um lugar mais feliz”

Tudo Isso é a Obra do Pai que Está Ativa Dentro de Nós, “como podem negar a verdade de tudo o que disse a vocês nesta noite? Não há como Negar Tudo Isto que Falei, pois tudo pode se presenciado visto admirado por Qualquer Um a Toda hora”.

E Hoje Viram um Jovem Agonizante que Foi Trazido de Volta à Plenitude da Vida em Pouco Tempo! <= fui eu quem o curou? não!!!   

Por mim mesmo não posso fazer nada foi a vida que é o pai ativo dentro de todas as coisas que veio restituir com toda a força para reparar um corpo doente e trazê-lo novamente de volta à plena saúde<= “Porque Acreditei que Assim Seria e Assim Foi Porque Eu Não Duvidei nem Si Quer um Instante”

Houve suspiros de satisfação na sala nova luz brilhou e novo interesse surgiu inclusive podia verse uma nova doçura em seus rostos percebeu que limpeza maravilhosa Jesus fez nesta casa? pense! pense com que rapidez varreu o mau humor da casa e se restabeleceu uma harmoniosa alegria e paz em seu interior!

– “Poderia nos dizer por que então os homens sofrem tão dolorosamente? “Perguntou Miriam” 

– Porque a humanidade sofre porque quando o homem é concebido quando a vida toma forma dentro da semente ela se reveste “na condição humana que o separa de qualquer outro indivíduo no mundo para fazê-lo único” porque ele se torna uma figura isolada “não unida a nenhum outro novo ser é solitário e privado até de sua própria pessoa” =>ele torna-se um sujeito submetido a um controle e é controlado por dois impulsos Fortes e poderosíssimos em sua natureza terrena.

“São os impulsos de ligar-se a todas as coisas que deseja muito e o de rejeitar e afastar-se de tudo aquilo que não quer”. Estes dois impulsos básicos do homem estão presentes em cada coisa que ele faz ao longo de sua vida e são inteiramente os responsáveis pelos problemas que atrai para si e ainda que o pai esteja ativo no seu interior não há nada de humano nele tudo é processado divinamente no seu interior conforme seus próprios desejos.

Portanto o “Pai” nada retém nada rejeita nada condena nem mesmo vê a transgressão “tudo aquilo que o homem faz e que chama de pecado é apenas deste mundo e só existe punição neste mundo porque é uma lei da existência terrena”.

Pois como você sabe tudo o que você semear mais tarde colherá, pelo próprio fato de ter extraído sua vida e sua mente do pai criador “o próprio homem tornou-se o criador dos seus próprios pensamentos palavras e ações” e seja o que for que =>ele pense diga faça e acredita<= “retornará a ele da mesma forma em algum tempo depois”.

Portanto não existe castigo que venha do pai<= “quaisquer que sejam os males que assolarem a humanidade estes são o completo resultado de suas próprias decisões”


(Fonte: www.cartasdecristobrasil.com.br)

* Responsabilidade escrita, revisão, edição – Discípulo Elias

* Digitação, revisão – Patricia Kelly Hasselmann

Fraternalmente,

Grupo Fraternidade EMC.

Trabalhando por uma Humanidade mais Feliz!

Esta entrada foi publicada em Cabala, Pesquisas e Estudos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta