Hierarquia dos Dirigentes Invisíveis e as Ondinas

Caros leitores,

Na reunião de hoje, quarta-feira dia 24/07/2013, iniciada às 20:00hrs, desenvolveu-se sobre a Hierarquia dos Dirigentes Invisíveis, e na continuidade do estudo dos Elementais, a sequência sobre as Ondinas.

Hierarquia dos Dirigentes Invisíveis.

No prosseguimento da pesquisa da semana passada, sobre os habitantes em nosso Planeta, como fora citado que, além das criaturas nativas de cada mundo (terráqueos, venusianos, etc), e das outras classes – Elementais, Anjos, Devas, Querubins, Serafins, Arcanjos –, que sempre estão ao nosso lado nos ajudando, inclua-se a hierarquia de dirigentes invisíveis e ascensos.

Hierarquia Mestres

Criatura do Astral, o Elemental é um modelador e multiplicador de formas e imagens, que ele é incapaz de criar limitando-se a refletir. Capaz de sensação e visão, mas incapaz de discernimento e responsabilidade, o Elemental pode refletir formas criadas no astral pela emissão de pensamentos, sentimentos e emoções dos seres humanos.

Ademais, têm a capacidade de ampliá-las. Assim, se os pensamentos e as emoções humanas forem perturbados, desequilibrados ou destrutivos, os elementos tornar-se-ão agentes potencializados e multiplicadores de transtornos, desastres e destruições que afetarão tanto os próprios seres humanos, quando as outras criaturas terrestres e a natureza em geral, visto que eles são manipuladores e senhores e eficientes das forças dos elementos.

Os elementos são organizadores e preservadores de todas as diversas formas e formações da natureza constituída por elementos; e por vezes comunicam-se com certos seres humanos. Seu comportamento é amoral, quer dizer, indefiníveis do ponto de vista do bem e do mal. Tendem à reaproximação, mostrando-se, contudo, geralmente inamistosos ou mesmo agressivos com os indivíduos que depredam ou destroem a natureza.

A rigor, não são nem bons nem maus, exibindo uma conduta semelhante a dos animais domésticos ou um antropóide. Joviais e também irresponsáveis conforme a frequência dos pensamentos emitidos pelos seres humanos, é comum “pregaram peças” nos seres humanos.

Agradecemos a Grande Fraternidade Branca e Seus Dirigentes Invisíveis.

As Ondinas

As Ondinas são os elementais que dominam o elemento água. Controlam e preservam a própria porção aquosa majoritária no corpo humano e estão associadas à vida emocional. Plasmadoras e zeladoras das inúmeras formações líquidas no planeta, esses elementais, quando em contato com os seres humanos, simpatizam com as pessoas dóceis, amistosas, flexíveis e adaptáveis.

Ondinas

O trabalho de proteção e preservação da natureza por parte das Ondinas (e também dos demais elementais) é enorme e incansável. Na infância da Terra, quando o elemento líquido era puro e cristalino, os elementais da água se limitavam à manutenção de toda a riqueza líquida disponível. Entretanto, com o advento da ‘queda’, que redundou no desequilíbrio emocional do homem, que passou a desrespeitar o santuário da natureza, contaminando lagos, rios, mares, etc, o labor das Ondinas decuplicou e sua afabilidade foi substituída por justificada indignação, que resultou em tormentas, maremotos e enchentes.

Embora o acato e o apelo às Ondinas em casos de catástrofes causadas pelo elemento líquido possam certamente aplacar sua indignação a ponto de conterem a fúria do elemento, a grande lição reiterada é no sentido da criatura humana respeitar, de uma vez por todas, o próprio elemento, que é fonte copiosa de benefícios e serviços prestados à humanidade.

As Ondinas estão associadas à chama violeta e seus dirigentes são Netuno e Lunara.

Esta entrada foi publicada em Cabala e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta