Atitude do Perdão com Dupla Salvação

Caros leitores,


Na reunião de hoje, quarta-feira dia 03/08/2016, repassamos uma mensagem de vital importância em nossas vidas da atualidade e cada passo dado no caminho da Perfeição.

 perdoar e viver



Atitude do Perdão com Dupla Salvação

Certo dia, estava um Leão a dormir a sesta quando um ratinho começou a correr por cima dele. O Leão acordou, pôs-lhe a pata em cima, abriu a bocarra e preparou-se para o engolir.

– Perdoa-me! – gritou o ratinho – Perdoa-me desta vez e eu nunca o esquecerei. Quem sabe se um dia não precisarás de mim?

O Leão ficou tão divertido com esta ideia que levantou a pata e o deixou partir. 

Dias depois o Leão caiu numa armadilha. Como os caçadores o queriam oferecer vivo ao Rei, amarraram-no a uma árvore e partiram à procura de um meio para o transportarem.

Nisto, apareceu o ratinho. Vendo a triste situação em que o Leão se encontrava, roeu as cordas que o prendiam.

E foi assim que um ratinho pequenino salvou o Rei dos Animais”.

A própria Natureza apresentou em seu próprio âmago o perdão na mente do leão.

* * *

                Nunca subestime os outros, as maiores riquezas não são aquelas que os olhos podem ver, mas as que estão escondidas em um coração iluminado que Deus decidiu honrar com a sua Presença.

 

                Assim devemos cultivar em nosso coração uma das mais belas virtudes que enobrecem a nossa alma, estendendo a frequência do perdão ao próximo, e principalmente aos mais próximos da convivência diária, ou seja nossos amigos e essencialmente nossa família.

                E para adornar esse pensamento repassamos abaixo uma mensagem enviada pelo nosso irmão Claudio Pires, complementando com as sábias palavras do nosso querido Pontífice Francisco:

Família: Lugar de Perdão…

Não existe família perfeita. Não temos pais perfeitos, não somos perfeitos, não nos casamos com uma pessoa perfeita nem temos filhos perfeitos. Temos queixas uns dos outros. Decepcionamos uns aos outros. 

Por isso, não há casamento saudável nem família saudável sem o exercício do perdão. O perdão é vital para nossa saúde emocional e sobrevivência espiritual. Sem perdão a família se torna uma arena de conflitos e um reduto de mágoas. 

Sem perdão a família adoece. O perdão é a assepsia da alma, a faxina da mente e a alforria do coração. Quem não perdoa não tem paz na alma nem comunhão com Deus.

A mágoa é um veneno que intoxica e mata.  Guardar mágoa no coração é um gesto autodestrutivo. É autofagia. Quem não perdoa adoece física, emocional e espiritualmente.

E por isso que a família precisa ser lugar de vida e não de morte; território de cura e não de adoecimento; palco de perdão e não de culpa.

O perdão traz alegria onde a mágoa produziu tristeza; cura, onde a mágoa causou doença.”

(Autoria: Papa Francisco)

* Responsabilidade escrita, revisão, edição – Discípulo Elias

* Digitação, revisão – Patricia Kelly Hasselmann


Fraternalmente,

Grupo Fraternidade EMC.

Trabalhando Por uma Humanidade Mais Feliz!

Esta entrada foi publicada em Cabala, Orações. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta