Aprenda a usar sua energia

Na reunião de hoje, quarta-feira dia 06/05/2015, colocamos em pauta o tema de como aprender a usar as energias para que os nossos leitores tenham revelações que poucos tem acesso, na aplicação em suas vidas de uma maneira de fácil aprendizagem e amplitude dos conhecimentos.
 Tema de Reuniao 06-05-2014

Mantenha os pés firmemente plantados no chão e sinta a energia entrar por eles – entram duas correntes, uma por meio de cada pé. É como uma corrente alternada de um círculo elétrico bipolarizado.
Cada um dos seus membros, cada lado do seu corpo expressa uma polaridade diferente. Tenha claro isso. A energia flui e se concentra na potência máxima da sua potencialidade dupla, na forma como vocês são nesse plano físico. Ela se une, positiva e negativa, no seu chákra básico.
A energia entrou positiva por seu pé direito, e negativa, pelo esquerdo. Ela subiu, uniu-se no Básico e vai percorrer todos os chákras com essa dupla polaridade, porque essa energia tem um poder de consecução, tem um poder de criação, e nada se cria no plano físico sem a polaridade – nada se faz só positivo e nem só negativo. E ainda é necessário um terceiro fator, que é a vontade, para que alguma coisa possa acontecer.
Perceba que essa energia flui dentro do seu corpo. Não pode perder seu controle. Ela é sua. Exerça o domínio, exerça o controle, esteja atento a todo o momento. Pegue essa energia que está no chákra Básico e, pela respiração, vá levando-a aos outros chákras.
Antes de mais nada, visualize os chákras como que alinhados pelo corpo, formando um único fio condutor que sobe além da cabeça, além do chákra coronário. Esse é o caminho que a energia deve fazer. Em cada chákra que passa, ela tem um potencial energético. O Básico, o Esplênico e o Plexo Solar servem basicamente para nutrir as necessidades do corpo material. Do Cardíaco em diante começa o trabalho pela elevação do Ser; começa o trabalho pelo Amor Universal; o contato com o Cristo Pessoal e o contato com o átomo permanente que acompanha cada Ser desde o início das encarnações.
Sinta como essa energia expande seu chakra cardíaco! Respire profundamente. Sinta que isso faz bem, que coloca a energia em movimento dentro de você. Assim sentirá que a energia do chákra coronário já estará integrada ao Todo e já estará fazendo uma outra parte do trabalho com você.
Perceba, então, que a energia vem do centro da Terra, entra pelos pés, alinha-se dentro do corpo e explode para o Universo. Ela não sai polarizada, não sai um foco positivo e outro negativo: ela sai inteira, una, na forma como se colocou no Básico.
Essa energia pode ser disponibilizada pelo corpo, pode ter sua polaridade desmembrada dentro dos limites do corpo e durante todo o percurso por meio dele. Enquanto está nos limites do corpo, ela pode ser utilizada nas suas duas polaridades. É essa utilização no plano da materialidade que é dual e bipolar, porque enquanto ela flui dentro do corpo, ela é una, e é assim que ela vai retornar para a fonte.
A energia sai una da fonte, passa pela Terra, que funciona como um distribuidor de força e a entrega aos humanos de forma dual. As pessoas conseguem unir dentro de si as duas fases e, da mesma forma que a Terra utilizou o positivo e o negativo para transmitir a energia, vocês têm a capacidade de usar este positivo e negativo, que estão inteiros dentro de vocês, na forma de energia complexa.
Na verdade, a dualidade faz parte desse nível, desse plano da matéria; mas a energia que cada um traz dentro de si não é material. Ela flui na sua polaridade única, ou seja, ela é positiva e negativa ao mesmo tempo. Só quando se usa a energia para movimentar qualquer coisa no plano físico é que se necessita da polaridade. Aí, é preciso dividir e acrescentar-lhe a vontade, pois do contrário ela não se manifesta.
No entanto, para utilizar essa energia no trabalho de contato com as esferas mais elevadas, com outros planos mais sutis, é preciso tê-la de forma inteira e integrada. A energia não pode subir dual por meio dos chákras, pois isso desequilibra. Ela precisa subir junta, positivo e negativo. A forma com que ela chega ao Coronário é a forma que assume, e é dessa forma que vai acessar outros planos.
Com treino e prática, você será capaz de acompanhar em consciência a subida da energia acima do Coronário. Conseguir se estender junto quando a energia ultrapassa o Coronário, com consciência e com vontade, é atingir um desdobramento consciente; é poder acompanhá-la aonde ela levar ou, se estiver suficientemente treinado, aonde se quiser que ela leve.
Não é aconselhável fazer esse exercício antes de saber controlar a vontade, porque pode-se não saber aonde essa energia vai levar. Ela poderá levá-lo de uma forma que ainda não esteja pronto para interagir. O mais prudente é trabalhar com o treinamento, o autodesenvolvimento e só então empreender uma viagem dessa natureza.

* Trecho do Livro “Além do Que Se Vê”, revisado pelo escritor paranaense Jalil Kamel Elias Bou Assi

Fraternalmente,

Grupo Fraternidade EMC.
Trabalhando por uma Humanidade mais feliz!
* Responsabilidade escrita, revisão, edição – Discípulo Elias
* Digitação, revisão – Patricia Kelly Hasselmann
Esta entrada foi publicada em Cabala, Pesquisas e Estudos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta