Anjo da Guarda e Corpo Causal

Caros leitores,

A reunião de hoje, quarta-feira 26/06/2013, foi iniciada às 20:00hrs  com oração tradicional de abertura, e o tema principal da escolha dos discípulos foi em torno do conhecimento sobre o Anjo da Guarda, e também foi dado a continuidade dos estudos dos corpos sutis, sendo abordado nesta o Corpo Causal.

Anjo da Guarda

Cada pessoa, desde o seu nascimento, tem seu anjo de guarda que o acompanha por toda a sua vida, protegendo e amparando em todas as circunstâncias. Incondicionalmente os anjos encontram-se dispostos a participar tão estreitamente quanto possível, de todos os departamentos da vida humana e de todas as suas atividades.

Anjo_da_guarda

Os membros da raça humana que abriram de par em par seus corações e mentes às hóstias angélicas terão uma resposta imediata e uma convicção cada dia maior de sua realidade. Os anjos não impõem condições ou restrições, nem limites às atividades da sua angelical cooperação com a raça humana.

É um conjunto, contudo requerem dos que desejam invocar sua presença a concentração de todas as suas faculdades no desenvolvimento das qualidades de pureza, simplicidade, retidão e impessoalidade; bem como na aquisição do conhecimento da ‘Grande Presença EU SOU’, pelo qual os componentes espiritual, intelectual e material, tanto do homem como do Universo, mantém a ordenada marcha do progresso evolutivo.

Agradecemos à Grande Fraternidade Branca por fornecer esta matéria.

Corpo Causal

 

O Corpo Causal (‘Buddhi’) originalmente descende, sendo intenso; e corresponde a uma das sete esferas de luz em que permanece mais tempo em seu preparo para iniciar o ciclo reencarnatório (‘Samsara’) na Terra, bem como sua faixa de luz mais larga representará o raio de atuação do indivíduo.

Corpo Causal

O corpo causal, também, diferentemente dos corpos inferiores, não tem estrutura definitiva, sendo plasmável e passível de ampliação, sobrevive as mortes físicas não sendo contudo imperecível, pois sua duração está na dependência exata do ciclo reencarnatório, ou seja, ele existirá enquanto o indivíduo estiver preso à ‘roda dos nascimentos e mortes’ (o ‘Samsara’).

Esta entrada foi publicada em Cabala e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta