Anatomia e Deus

Caros leitores,

O tema abordado na última reunião (21-08-2012) foi “Anatomia e Deus: A Cabala e o poder de tudo entre o criado e o criador”.

“Amar-se é o primeiro de todos os passos para uma perfeita auto-realização.

Amar-se que significa acolher-se, aceitar-se, valorizar-se, gostar de si, do jeito que a gente é, cultivando-se para ser mais. Não para “ser-mais-que-os-outros”, mas, simplesmente, para ser mais: mais pessoa, mais nós-mesmos, mais realizados, mais felizes.

O amor a si mesmo é a medida do amor ao próximo. Este é o ensinamento de Jesus Cristo. Poderíamos traduzi-lo dizendo: cultivar-se para cultivar os outros.

Na verdade, o “amar-se para amar” implica necessariamente um autocultivo, que se torna fonte de energia e de amor para o heterocultivo.

O desenvolvimento das capacidades mentais, principalmente da infinita capacidade de amar, torna-nos aptos para uma vida mais plena, numa total amortização dos outros, de Deus e do universo.

‘A flor não acabava mais de preparar-se. Escolhia as cores com cuidado.’

E a flor-você, de todas as flores a mais bonita, a mais querida e a mais importante, qual é o cuidado que você tem consigo?… As cores que você quer dar à sua vida, você as escolhe com todo carinho?

Você terá, sem dúvida, muitas coisas para ‘ajustar’: pétalas da vida que foram ‘amarrotadas’ por medos, por tensões, por mágoas, por angústias, por depressões e tristezas, e que precisam urgentemente ser refeitas pelas mãos de fada que só o amor possui.

A auto-estima fará com que sua auto-imagem seja projetada com desvelo e ternura, fazendo você uma pessoa querida e harmoniosa, que se ama e prestigia, porque a vida é bela e é preciso olhar o mundo com olhos de amor. Tudo será diferente então: haverá arco-íris em céus nublados e pores-do-sol em tardes cinzentas.

Porque você dará ao mundo, o colorido do seu coração.

‘A flor vestia-se lentamente. Sua misteriosa “toilette” durara dias e dias’.

Eis um segredo a mais para lembrar: nada acontece por acaso.

O esforço e a persistência são a chave da realização. Pode ser que demorem um pouco a surgir os primeiros frutos do seu autocultivo. Mas eles surgirão!

– O fato de você despertar para a necessidade de cultivar-se, já é um valor incalculável.

– O fato de você agora ter iniciado decididamente o seu cultivo, é mais um dom que se ajunta aos tantos outros que você vai colher. Alegre-se!

Suas mãos ficarão repletas de frutos vistosos!

É a sua vida que está florindo!

É você, que se ama e valoriza, produzindo a abundância milagrosa da mente amorizada.

Persista em seu caminho. Você vai chegar!

Tal como a flor, a “toilette” de sua vida é muito misteriosa e sofisticada, e duarará “dias e dias”, por vezes, longo tempo, até que você possa, com ela, apresentar-se radiante e cheio de sol, na manhã esplendorosa de sua nova existência.

Experimente o sabor da alegria-de-gostar-de-si.

Gostar do seu nome, de sua família, do seu corpo, do seu jeito, do seu trabalho, do seu ideal, do seu lar, de sua cidade… amando de todo o coração tudo o que você é e tem. E um novo horizonte há de descortinar-se. Você apresentará ao mundo, todos os dias, uma face radiosa e rejuvenescida, como quem, cada dia, chega mais uma vez, à manhã de sua vida: como se fosse pela primeira vez…

Fraternal abraço!

Esta entrada foi publicada em Cabala e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta